CB09 : Dimmer para leds com CI 555 sem Arduino

Objetivo

Criar um circuito gerador de pulsos modulados (PWM - Pulse Width Modulation) para alterar a intensidade do brilho de um led. Para este projeto vamos utilizar o CI 555 no modo astável, operando como um oscilador de alta frequência. Também usaremos um potenciômetro para controlar o nosso dimmer por meio da quantidade de energia enviada ao CI 555.

Modo Astável: quando o CI 555 opera como um oscilador. Modo aplicável à projetos de pisca-pisca de Leds, geradores de pulso, PWM, geradores de tom, alarmes de segurança, etc. Para saber mais leia: CB01 - Led pisca com CI 555 (Multivibrador astável - oscilador de baixa frequência).

Dimmer: em iluminação, o dimmer é um dispositivo para controlar a intensidade do brilho de uma lâmpada ou um led, por exemplo. O dimmer também pode ser utilizado para controlar a velocidade de rotação de motores elétricos.

PWM (Pulse Width Modulation) - Modulação por Largura de Pulso

Refere-se ao conceito de pulsar rapidamente um sinal digital em um condutor. Quando geramos a modulação através da largura do pulso em uma onda quadrada, podemos controlar a potência ou a frequência de um circuito.

Em outras palavras, PWM é uma forma de controlar a quantidade de energia entregue a um dispositivo elétrico ligando e desligando a tensão, e o valor médio da quantidade de energia entregue será função da razão entre o tempo ligado e o tempo total.

Nota: A vantagem em usar a técnica PWM versus a utilização de um reostato, por exemplo, é a maior eficiência energética.

PWM signal with its two basic time periods | Download Scientific ...

A técnica de PWM é empregada em diversas áreas da eletrônica e, por meio da largura do pulso de uma onda quadrada, é possível o controle de potência ou velocidade nas aplicações de motores elétricos, aquecedores elétricos, leds e luzes nas diferentes intensidades e frequências. Veja abaixo um gráfico que mostra alguns exemplos de PWM de acordo com a razão cíclica (duty cycle) entre 0% e 100%.

Domine o PWM com Wagner Rambo - Embarcados

Obs.: O Projeto 14 - Led com efeito dimmer usando potenciômetro é um ótimo exemplo de como utilizar o PWM para controlar a intensidade luminosa de um led utilizando a função analogWrite(). Neste projeto vamos criar o mesmo efeito, porém sem o uso do Arduino.

Aplicação

Para fins didáticos e projetos eletrônicos e elétricos em iluminação ou motores.

Componentes necessários

Referência

Componente

Quantidade

Imagem

Observação

Protoboard Protoboard 830 pontos 1 Resultado de imagem para protoboard 830v

No mínimo utilizar protoboard com 830 pontos

Jumpers Kit cabos ligação macho / macho 1    
Led 5mm LEDs 5mm 1  

1 LED alto brilho azul ou de outra cor qualquer

 

Você poderá utilizar também LEDs de qualquer outra cor ou LEDs difusos de 3 ou 5mm nas cores que desejar.

Resistor

Resistor

2  

1 Resistor de 150Ω - 1/4w (led vermelho)
 1 Resistor de 1KΩ - 1/4W (CI555)

Os valores para os resistores são para um circuito com uma fonte de 5V. Entretanto, para fontes maiores que 5V, utilizar para o led um resistor de 470Ω ou maior.

Circuito integrado 555

CI 555

1 Imagem relacionada datasheet
Capacitor cerâmico

Capacitor cerâmico 103 (10nF/0,01uF/10KpF)

1  

1 Capacitor cerâmico de 10nF (10V ou maior)

 

diodo

diodo 1n4148

1

Poderá ser utilizado o diodo 1n4147

 Potenciômetro

Potenciômetro linear 100K

1 Resultado de imagem para potenciômetro

Você poderá utilizar valores entre 50K a 100K

Fonte ajustável para protoboard

Fonte ajustável

1 https://www.vidadesilicio.com.br/media/catalog/product/cache/2/thumbnail/450x450/9df78eab33525d08d6e5fb8d27136e95/4/5/450xn_8.jpg

Se você não tiver uma fonte ajustável, utilize pilhas ou bateria como fonte de energia (este projeto pode ser utilizado para tensões entre 5V a 12V)

 

Arduino UNO R3 Arduino UNO 1

Você poderá utilizar uma placa Arduino UNO original ou similar

Esquema elétrico

Montagem do Circuito

1. Conecte os componentes no Protoboard como mostra a figura abaixo. Verifique cuidadosamente os cabos de ligação antes de ligar na fonte de energia.

Obs.1: Neste projeto você poderá utilizar uma fonte de 5V a 12V, desde que utilize resistores para os leds adequados para cada tensão. O capacitor também deverá ser substituído para tensões acima de 10V.

Obs2.: Para os Leds utilize: 100Ω para fonte de 5V | 270Ω para fonte de 9V | 470Ω para fonte de 12V - Veja a tabela: Tabela de resistores para LEDs de acordo com a fonte de alimentação.

Atenção:

a) Lembre-se que o LED tem polaridade: O terminal maior tem polaridade positiva e o lado do chanfro tem polaridade negativa.

b) Diferentemente de capacitores eletrolíticos, capacitores cerâmicos são utilizados para baixas necessidades de capacitância e podem ser alimentados com altos valores de tensão, pois não possuem polaridade.

 

c) Para montar o circuito integrado 555 é importante observar a(s) marcas(s) de referência para a identificação dos pinos de contato. Os pinos deverão ser identificados conforme mostra a imagem abaixo: